Descubra o Encanto: “O que o sol faz com as flores” de Rupi Kaur

O que o sol faz com as flores é uma coletânea de poemas arrebatadores sobre crescimento e cura. ancestralidade e honrar as raízes. expatriação e o amadurecimento até encontrar um lar dentro de você. organizado em cinco capítulos e ilustrado por Rupi Kaur , o livro percorre uma extraordinária jornada dividida em murchar, cair, enraizar, crescer, florescer. uma celebração do amor em todas as suas formas. essa é a receita da vida minha mãe disse me abraçando enquanto eu chorava pense nas flores que você planta a cada ano no jardim elas nos ensinam que as pessoas também murcham caem criam raiz crescem para florescer no final.


O que o sol faz com as flores

Título: O que o sol faz com as flores
Autora: Rupi Kaur
Editora: Planeta
Páginas: 256
Ano de lançamento: 2018

Comprar na Amazon


Leia também: Conheça “Do Desespelho à Espelhança” de Luque Barbosa

Frases do livro O que o sol faz com as flores

você partiu

e eu ainda te queria

mas eu merecia alguém

que quisesse ficar

não é o que deixamos para

trás que me destrói

é o que podíamos ter

construído se ficássemos

os beija-flores me contam

que você cortou o cabelo

eu digo que nem ligo

mas continuo ouvindo

cada mínimo detalhe

-Sede

eu podia ser o que quisesse

nesta vida

mas eu queria ser dele

eles vão

como se nada tivesse acontecido

eles voltam

como se nunca tivessem ido

– fantasmas

por que será

que só quando uma história acaba

a gente começa a sentir cada página

não esquece de contar que eu

era o lugar mais quente do mundo

e você me deixou fria.

quando cai a neve

eu quero a grama

quando a grama cresce

eu piso em cima

quando as folhas caem

eu espero as flores

quando as flores nascem

eu arranco todas

– ingrata

a ironia da solidão

é que todo mundo sente

ao mesmo tempo

– Juntos

estamos morrendo

desde que chegamos

e esquecemos de olhar a vista

– Viva intensamente

você era meu

e minha vida era plena

você não é mais meu

e minha vida

é plena

deixa pra lá

deixa que vá

deixa rolar

nada

neste mundo

foi prometido ou

era seu de qualquer jeito

– tudo que você tem é você

sim

é possível

odiar e amar alguém

ao mesmo tempo

é o que faço comigo mesma

todo dia

num sonho

vi minha mãe

com o amor de sua vida

e sem filhos

nunca a vi tão feliz

– e se

minha mãe sacrificou seus sonhos

para que eu sonhasse


Sobre a autora Rupi Kaur

Rupi Kaur, uma poeta canadense de ascendência indiana, emergiu como uma voz poderosa na cena literária contemporânea. Com seus poemas breves, porém profundos, e sua habilidade única de capturar emoções universais em palavras simples, Kaur conquistou os corações de milhões ao redor do mundo. Vamos explorar um pouco mais sobre essa talentosa escritora e o impacto de sua obra.

Origens e Influências

Nascida na Índia, Rupi Kaur mudou-se para o Canadá com a família ainda na infância. Essa mistura de culturas e experiências moldou sua perspectiva única sobre a vida, amor, feminilidade e identidade. Influenciada pela tradição oral de sua cultura de origem e pela literatura contemporânea, Kaur encontrou sua voz poética ao combinar a simplicidade das formas tradicionais com uma linguagem moderna e acessível.

A Jornada da Autoexpressão

Os poemas de Rupi Kaur são como janelas para a alma humana. Ela aborda temas como amor, dor, trauma, cura, empoderamento feminino e identidade cultural com uma sinceridade e autenticidade que ressoam profundamente com seus leitores. Seus versos muitas vezes se destacam pela sua simplicidade e pela capacidade de transmitir emoções complexas de forma direta e poderosa.

O Sucesso de “Outros jeitos de usar a boca” e “O que o sol faz com as flores”

O livro de estreia de Rupi Kaur, “Outros jeitos de usar a boca”, lançado em 2014, se tornou um fenômeno global, vendendo milhões de cópias em todo o mundo. Com uma combinação de poesia e prosa, o livro explora temas de amor, perda, abuso e cura de uma maneira que ressoa com uma ampla gama de leitores. Seu segundo livro, “O que o sol faz com as flores” (2017), continua essa jornada emocional, explorando temas como crescimento pessoal, resiliência e a busca pela autoaceitação.

O Impacto Cultural e Social

Além de seu sucesso comercial, Rupi Kaur também é reconhecida por seu ativismo e pelo impacto social de sua obra. Seus poemas muitas vezes abordam questões sociais urgentes, como violência doméstica, feminismo e o direito das mulheres sobre seus próprios corpos. Ela usa sua plataforma para promover a conscientização e a mudança, inspirando seus leitores a se envolverem em conversas importantes sobre justiça social e igualdade.

Conclusão

Rupi Kaur é muito mais do que uma simples poeta; ela é uma contadora de histórias, uma ativista e uma voz para uma geração que busca autenticidade e conexão. Seus poemas nos convidam a explorar as profundezas de nossas próprias emoções e experiências, enquanto nos lembram da beleza e da resiliência do espírito humano. Que sua obra continue a inspirar e a iluminar os corações de muitos por muitos anos.


bilheteslivros
Logo