E Não Sobrou Nenhum: Livro de Agatha Christie – Um Clássico

E não sobrou nenhum

“E Não Sobrou Nenhum” é uma das obras-primas da Rainha do Crime, Agatha Christie. Publicado em 1939, este romance é frequentemente considerado o melhor trabalho de Christie e um dos maiores mistérios de todos os tempos. Neste post, vamos explorar a trama intrigante, os personagens complexos e o impacto duradouro deste clássico do mistério.

Sinopse de “E Não Sobrou Nenhum”

Uma ilha misteriosa, um poema infantil, dez soldadinhos de porcelana e muito suspense são os ingredientes com que Agatha Christie constrói seu romance mais importante. Na ilha do Soldado, antiga propriedade de um milionário norte-americano, dez pessoas sem nenhuma ligação aparente são confrontadas por uma voz misteriosa com fatos marcantes de seus passados.

Convidados pelo misterioso mr. Owen, nenhum dos presentes tem muita certeza de por que estão ali, a despeito de conjecturas pouco convincentes que os leva a crer que passariam um agradável período de descanso em mordomia. Entretanto, já na primeira noite, o mistério e o suspense se abatem sobre eles e, num instante, todos são suspeitos, todos são vítimas e todos são culpados.

É neste clima de tensão e desconforto que as mortes inexplicáveis começam e, sem comunicação com o continente devido a uma forte tempestade, a estadia transforma-se em um pesadelo. Todos se perguntam: quem é o misterioso anfitrião, mr. Owen? Existe mais alguém na ilha? O assassino pode ser um dos convidados? Que mente ardilosa teria preparado um crime tão complexo? E, sobretudo, por quê?

São essas e outras perguntas que o leitor será desafiado a resolver neste fabuloso romance de Agatha Christie, que envolve os espíritos mais perspicazes num complexo emaranhado de situações, lembranças e acusações na busca deste sagaz assassino. Medo, confinamento e angústia: que o leitor descubra por si mesmo porque E não sobrou nenhum foi eleito o melhor romance policial de todos os tempos.

Personagens Principais

No livro “E Não Sobrou Nenhum” de Agatha Christie, cada um dos dez convidados é acusado de um crime que resultou na morte de outra pessoa, mas pelo qual nunca foram responsabilizados judicialmente. Aqui está um breve resumo das acusações contra cada personagem:

  1. Anthony James Marston: Acusado de atropelar e matar duas crianças, John e Lucy Combes, devido à sua imprudência ao volante.
  2. Mrs. Ethel Rogers: Acusada, juntamente com seu marido, de causar a morte da ex-empregadora, Jennifer Brady, ao negar-lhe a medicação necessária.
  3. Mr. Thomas Rogers: Acusado junto com sua esposa de causar a morte de Jennifer Brady, sua antiga empregadora, para herdar seu dinheiro.
  4. General John Gordon Macarthur: Acusado de enviar deliberadamente o amante de sua esposa, Arthur Richmond, para uma missão suicida durante a guerra.
  5. Emily Caroline Brent: Acusada de ser responsável pelo suicídio de sua jovem empregada, Beatrice Taylor.
  6. Dr. Edward George Armstrong: Acusado de matar uma paciente, Louisa Mary Clees, ao operar embriagado.
  7. William Henry Blore: Acusado de perjúrio que levou à condenação e morte de um homem inocente, James Stephen Landor.
  8. Vera Elizabeth Claythorne: Acusada de deixar deliberadamente Cyril Ogilvie Hamilton, uma criança sob seus cuidados, se afogar, para que seu amante herdasse a fortuna da família.
  9. Philip Lombard: Acusado de abandonar 21 homens de uma tribo africana à morte, roubando suas provisões e fugindo.
  10. Lawrence John Wargrave: Acusado de manipular o julgamento e condenar deliberadamente à morte um homem inocente, Edward Seton.

Temas Centrais

  • Culpa e Justiça

Um dos temas centrais do livro é a culpa e a justiça. Cada personagem é levado a confrontar seus crimes passados, e o assassino busca uma forma retorcida de justiça, executando-os de acordo com a severidade de seus pecados.

  • Paranoia e Confiança

À medida que o número de sobreviventes diminui, a paranoia aumenta. A falta de confiança entre os personagens cria uma atmosfera de tensão insuportável, onde cada um suspeita dos outros e teme por sua própria vida.

  • Natureza Humana

Christie explora a natureza humana sob extrema pressão. Os personagens revelam suas verdadeiras cores quando confrontados com a morte iminente, mostrando até onde podem ir para salvar a si mesmos.

Estilo de Escrita

Agatha Christie é conhecida por sua habilidade em criar enredos intrincados e personagens cativantes. Em “E Não Sobrou Nenhum”, ela utiliza uma narrativa direta e detalhada, mantendo os leitores à beira de seus assentos com reviravoltas inesperadas e uma construção de suspense magistral. A estrutura do livro, dividida em capítulos curtos e pontuada por mortes regulares, aumenta a tensão e o ritmo da história.

Impacto e Recepção

Desde seu lançamento, “E Não Sobrou Nenhum” recebeu aclamação crítica e popular. Foi adaptado inúmeras vezes para o cinema, teatro, televisão e rádio. Sua influência no gênero de mistério e suspense é imensurável, inspirando inúmeros escritores e obras subsequentes. O livro é frequentemente citado como um dos melhores romances de mistério já escritos e continua a ser uma leitura obrigatória para os fãs do gênero.


Título: E não sobrou nenhum
Autora: Agatha Christie
Editora: Globo Livros
Páginas: 400
Ano de lançamento: 2014

Comprar na Amazon


Sobre a autora Agatha Christie

Agatha Christie, conhecida como a “Rainha do Crime”, é uma das escritoras mais aclamadas e prolíficas do século XX. Nascida em 15 de setembro de 1890, em Torquay, Inglaterra, ela escreveu 66 romances policiais, 14 coleções de contos e a peça teatral mais longa da história, “A Ratoeira”. Seus personagens mais famosos, Hercule Poirot e Miss Marple, tornaram-se ícones da literatura de mistério.

Christie revolucionou o gênero policial com suas tramas engenhosas, reviravoltas surpreendentes e finais inesperados. Entre suas obras mais conhecidas estão “O Assassinato no Expresso do Oriente”, “Morte no Nilo” e “E Não Sobrou Nenhum”. Além de suas histórias de detetive, ela também escreveu sob o pseudônimo Mary Westmacott, explorando dramas psicológicos e romances.

Seus livros venderam mais de dois bilhões de cópias em mais de 100 idiomas, fazendo dela a autora mais vendida de todos os tempos. Agatha Christie foi condecorada com a Ordem do Império Britânico e continua a influenciar escritores e cativar leitores em todo o mundo com seus mistérios atemporais. Ela faleceu em 12 de janeiro de 1976, deixando um legado literário inigualável.

Personagens Icônicos

  • Hercule Poirot

Hercule Poirot, o detetive belga de cabeça oval e bigode impecável, é talvez o personagem mais famoso de Christie. Aparecendo em 33 romances, uma peça e mais de 50 contos, Poirot é conhecido por seu intelecto afiado e métodos meticulosos de investigação. Entre suas histórias mais celebradas estão “Assassinato no Expresso do Oriente” e “O Assassinato de Roger Ackroyd”.

  • Miss Marple

Miss Jane Marple, uma idosa solteirona com uma incrível habilidade para resolver mistérios, é outro personagem querido de Christie. Moradora da pequena vila de St. Mary Mead, Miss Marple utiliza seu conhecimento da natureza humana para desvendar os crimes mais complicados. Livros notáveis com Miss Marple incluem “O Caso do Hotel Bertram” e “Um Corpo na Biblioteca”.

Obras Principais

  • “Os Crime ABC”

Em “Os Crimes ABC”, Hercule Poirot enfrenta um astuto assassino em série que segue um padrão alfabético para escolher suas vítimas e locais dos crimes. A cada novo assassinato, o criminoso desafia Poirot com cartas provocativas, deixando pistas meticulosas. À medida que o detetive belga desvendava o mistério, ele percebe que os assassinatos aparentemente aleatórios escondem um motivo diabólico. Este romance policial clássico de Agatha Christie é uma emocionante corrida contra o tempo para capturar um assassino antes que ele complete seu alfabeto macabro.

  • “Assassinato no Expresso do Oriente”

Este romance de 1934 é um clássico absoluto, onde Hercule Poirot investiga um assassinato a bordo do famoso trem Expresso do Oriente. A complexidade do enredo e o final engenhoso tornam este livro uma leitura indispensável para os fãs de mistério.

  • “O Assassinato de Roger Ackroyd”

Em “O Assassinato de Roger Ackroyd”, Hercule Poirot, o célebre detetive belga, é chamado para investigar a morte do influente Roger Ackroyd na tranquila vila de King’s Abbot. Ackroyd foi encontrado morto em sua casa logo após descobrir um segredo chocante sobre o suicídio de sua noiva. Com uma série de suspeitos, cada um escondendo segredos, Poirot deve desvendar uma teia complexa de mentiras e enganos. Este romance, famoso por seu final surpreendente, é considerado uma das obras-primas de Agatha Christie.

Conclusão

Agatha Christie deixou um legado imortal no mundo da literatura. Suas histórias continuam a encantar, intrigar e inspirar gerações de leitores e escritores. Com uma combinação perfeita de enredos complexos, personagens icônicos e uma escrita envolvente, Christie garantiu seu lugar como a Rainha do Crime. Se você ainda não explorou a obra de Agatha Christie, agora é o momento perfeito para mergulhar no fascinante mundo de seus mistérios.

Leia também: Explorando o Terror Psicológico de “Misery: Louca Obsessão” de Stephen King

bilheteslivros
Logo