“Quebre os seus sapatinhos de cristal” de Amanda Lovelace

quebre os seus sapatinhos de cristal

Sinopse de Quebre os seus sapatinhos de cristal

Em “Quebre os seus sapatinhos de cristal”, Amanda Lovelace dá uma nova e moderna interpretação à versão tradicional da história da Cinderela e fala de como não devemos dar ouvidos àqueles que não veem o nosso valor, mesmo que, às vezes, essa pessoa sejamos nós mesmas. Os poemas deste livro abordam temas contemporâneos como autoaceitação, relacionamentos tóxicos, assédio sexual, transtornos alimentares, mas falam principalmente de dar a volta por cima e de perceber que somos a personagem mais importante da nossa história e podemos construir o nosso próprio final feliz.

Com seus versos simples e diretos, que já arrebataram milhares de fãs em todo o mundo, Amanda Lovelace se dirige às mulheres, questionando e transformando papéis que fazem parte do imaginário feminino há muitas gerações, como o do príncipe encantado, com o qual viveremos felizes para sempre, e o da fada madrinha, que nos concederá todos os nossos desejos.

Título: Quebre os seus sapatinhos de cristal
Autora: Amanda Lovelace
Editora: Leya
Páginas: 160
Ano de lançamento: 2021

Comprar na Amazon


Frases do livro Quebre os seus sapatinhos de cristal

Diz a fada madrinha

não sei se alguém

já falou isso para você, mas:

a ausência de amor da parte

deles não torna você nem

um pouco menos amável.

Diz a fada madrinha

em certos dias, seu corpo

vai parecer uma gaiola.

nesses dias,

prenda flores nas grades.

Diz a fada madrinha

pouco importa

quem você queira beijar

desde que

haja consentimento.

Diz a fada madrinha

ele pode até ter um rostinho bonito, mas não quer dizer que não seja perigoso.

Diz a fada madrinha

se ele não a considera absolutamente deslumbrante toda suada & com os pés sujos de terra, é fato que não a merece de vestido de gala & salto alto desconfortável.

se você sente que precisa baixar sua vibração para se adequar à vibração de outra pessoa, talvez esteja na hora de dizer “tchau”.

– sempre proteja sua paz.

ele sempre a deixa esperando & ela finge que não se importa, mas no fundo, no fundo, se importa, sim.

quando ele volta, volta sentindo saudade do corpo dela, mas não dela – jamais dela.

– autorretrato

há muita coragem no silêncio dela.

-off-line

você foi o meu quase, mas eu sou o meu próprio para sempre.

– que seja longo o meu reinado

tempo + distância + priorizar a si mesma²

é assim que você segue em frente.

i. sair da cama.

ii. lembrar de comer.

iii. beber um copo d’água.

iv. ser gentil consigo mesma.

v. sobreviver ao dia.

– motivos para sentir orgulho de você, grandes ou pequenos.

Diz a fada madrinha

paixão não é amor.

como uma opção mágica,

é algo apenas temporário

& costuma trazer

mais estragos do que benefícios.

Diz a fada madrinha

você não é um objeto

que pode ser

reivindicado, conquistado

ou definitivamente destruído

pelas mãos de alguém.

ele talvez goste de pensar

que tem esse poder,

mas não tem.

Diz a fada madrinha

use palavras gentis

até que palavras gentis

não caibam mais.


Sobre a autora Amanda Lovelace

Amanda Lovelace é uma poetisa contemporânea americana, conhecida por sua escrita poderosa e emocionalmente ressonante. Ganhou destaque com seu livro de estreia, “A Princesa Salva a Si Mesma Neste Livro”, que lhe rendeu o prêmio Goodreads Choice Award de Melhor Poesia. Lovelace aborda temas como empoderamento feminino, superação de traumas, amor-próprio e autoaceitação, utilizando uma linguagem acessível e direta que ressoa profundamente com seus leitores.

Sua série “Women Are Some Kind of Magic” inclui outros sucessos como “A Bruxa Não Vai Para a Fogueira Neste Livro” e “A Sereia Volta Neste Livro”, cada um explorando diferentes aspectos do poder e da resiliência das mulheres. Lovelace é aclamada por transformar experiências pessoais em mensagens universais de força e esperança, tornando-se uma voz significativa na poesia contemporânea. Suas obras continuam a inspirar e empoderar leitores ao redor do mundo.


Leia também: Nu Frontal – Livro do Escritor Lucão | Sinopse e Frases

bilheteslivros
Logo