Tartarugas até lá Embaixo – Livro do escritor John Green

Aza Holmes
John Green

“Tartarugas Até Lá Embaixo” é um romance jovem adulto escrito por John Green, publicado em 2017. Conhecido por seu sucesso com “A Culpa é das Estrelas”, Green retorna com uma história profundamente pessoal e introspectiva que explora temas de amizade, amor e saúde mental. Neste post, vamos explorar a trama, os personagens principais e os temas centrais deste livro que toca o coração e a mente dos leitores.

Sinopse do livro Tartarugas até lá embaixo

A história segue Aza Holmes, uma jovem de 16 anos que luta contra um transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Aza se encontra envolvida na busca pelo bilionário desaparecido Russell Pickett, incentivada por sua melhor amiga, Daisy. A investigação leva Aza a se reconectar com Davis, filho do bilionário, e a enfrentar seus próprios demônios internos.

Personagens Principais

  • Aza Holmes

Aza é a protagonista do romance. Inteligente e introspectiva, ela luta diariamente contra os pensamentos obsessivos e compulsões que acompanham seu TOC. Aza é uma personagem profundamente complexa, cuja luta interna é retratada com uma sensibilidade e autenticidade que ressoam com muitos leitores.

  • Daisy Ramirez

Daisy é a melhor amiga de Aza, extrovertida e criativa. Ela escreve fanfics de Star Wars e oferece uma perspectiva contrastante à natureza introspectiva de Aza. A amizade entre Daisy e Aza é um pilar central da narrativa, mostrando os altos e baixos das relações de amizade.

  • Davis Pickett

Davis é o filho do bilionário desaparecido. Ele e Aza compartilham uma história de amizade da infância, e sua reconexão desencadeia uma série de eventos que aprofundam a narrativa. Davis é sensível e reflexivo, lutando com a ausência do pai e as expectativas que recaem sobre ele.

Temas Centrais

  • Saúde Mental

O retrato honesto e nuançado do TOC é o coração de “Tartarugas Até Lá Embaixo”. John Green, que também vive com TOC, oferece uma visão autêntica e empática da condição, explorando como ela afeta os pensamentos, comportamentos e relações de Aza. A representação da saúde mental é tratada com grande respeito, oferecendo uma oportunidade para aumentar a compreensão e a empatia.

  • Amizade e Amor

As relações de Aza com Daisy e Davis são centrais para a trama. O livro explora a importância da amizade e do apoio mútuo, mostrando como essas conexões podem ser tanto uma fonte de força quanto de desafio. O romance entre Aza e Davis é tratado de forma delicada, refletindo as complexidades e incertezas do amor adolescente.

  • Identidade e Autoconsciência

Aza está em uma jornada de autodescoberta, lutando para entender quem ela é além de seu TOC. O livro aborda questões de identidade e a busca por um senso de normalidade, destacando a importância da autoconsciência e da aceitação.

Estilo de Escrita

John Green é conhecido por sua prosa lírica e introspectiva, e “Tartarugas Até Lá Embaixo” não é exceção. O estilo de escrita de Green é ao mesmo tempo acessível e profundamente filosófico, explorando temas complexos com uma sensibilidade que ressoa com leitores de todas as idades. A narrativa em primeira pessoa permite uma imersão completa na mente de Aza, oferecendo uma perspectiva íntima de suas lutas e triunfos.

Impacto e Recepção

Desde seu lançamento, “Tartarugas Até Lá Embaixo” recebeu aclamação da crítica e dos leitores. O livro foi elogiado por sua representação honesta da saúde mental e pela profundidade emocional de seus personagens. Muitos leitores destacaram como o romance ajudou a aumentar a compreensão do TOC e a empatia por aqueles que vivem com a condição.

Conclusão

“Tartarugas Até Lá Embaixo” é uma obra poderosa e emocionalmente ressonante que oferece um olhar profundo sobre a saúde mental e as complexidades das relações humanas. John Green criou uma história que é ao mesmo tempo pessoal e universal, tocando em temas que ressoam com todos nós. Se você está procurando uma leitura que combina introspecção, emoção e uma narrativa envolvente, este livro é uma escolha excelente.


Tartarugas até lá Embaixo

Título: Tartarugas até lá embaixo
Autor: John Green
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
Ano de lançamento: 2017

Comprar na Amazon


Sobre o autor John Green

John Green é um dos escritores mais amados e influentes da literatura jovem adulta contemporânea. Conhecido por suas histórias emocionantes e personagens cativantes, Green tem um talento único para explorar temas profundos e universais de maneira acessível e envolvente. Neste post, vamos explorar a vida, a carreira e as obras principais deste talentoso autor, cuja escrita tem tocado o coração de milhões de leitores ao redor do mundo.

Primeiros Anos e Formação

John Green nasceu em 24 de agosto de 1977, em Indianapolis, Indiana, Estados Unidos. Ele cresceu em Orlando, Flórida, onde frequentou a Lake Highland Preparatory School, e depois a Indian Springs School, um colégio interno em Birmingham, Alabama. Green se formou em Inglês e Estudos Religiosos pelo Kenyon College em 2000. Antes de se tornar um escritor de sucesso, ele trabalhou como assistente de capelão em um hospital infantil e como crítico de livros.

Carreira Literária

A carreira literária de John Green começou com um grande sucesso. Seus livros têm sido aclamados pela crítica e conquistaram milhões de leitores ao redor do mundo. Vamos explorar algumas de suas obras mais influentes.

  • Quem é Você, Alasca?

Publicado em 2005, “Quem é Você, Alasca?” é o romance de estreia de John Green. A história segue Miles “Pudge” Halter, um adolescente que se matricula em um internato em busca de uma vida mais significativa. Lá, ele conhece a enigmática Alasca Young, que muda sua vida para sempre. O livro foi bem recebido e ganhou o Printz Award em 2006, consolidando a reputação de Green como um talentoso autor de ficção jovem adulta.

  • O Teorema Katherine

Lançado em 2006, “O Teorema Katherine” é uma comédia romântica que segue a história de Colin Singleton, um prodígio em busca de um teorema matemático para explicar suas decepções amorosas, especialmente com as 19 garotas chamadas Katherine com quem ele namorou. O livro é uma mistura de humor, romance e reflexão sobre o amor e a identidade.

  • Cidades de Papel

Lançado em 2008, “Cidades de Papel” conta a história de Quentin “Q” Jacobsen e sua busca por Margo Roth Spiegelman, sua vizinha e paixão de infância, que desaparece misteriosamente. O livro explora temas de identidade, percepção e o significado da amizade. “Cidades de Papel” foi adaptado para o cinema em 2015, ampliando ainda mais seu alcance e impacto.

  • A Culpa é das Estrelas

Publicado em 2012, “A Culpa é das Estrelas” é, sem dúvida, o livro mais famoso de John Green. A história acompanha Hazel Grace Lancaster, uma adolescente com câncer, e sua relação com Augustus Waters, um sobrevivente da doença. O romance é uma exploração tocante do amor, perda e a fragilidade da vida. “A Culpa é das Estrelas” foi um best-seller instantâneo, adaptado para o cinema em 2014, e recebeu inúmeros prêmios e elogios.

  • Tartarugas Até Lá Embaixo

Lançado em 2017, “Tartarugas Até Lá Embaixo” é uma história profundamente pessoal sobre Aza Holmes, uma jovem que lida com transtorno obsessivo-compulsivo (TOC). Inspirado pelas próprias experiências de Green com a condição, o livro oferece uma representação honesta e sensível da saúde mental, além de explorar temas de amizade e amor.

Temas Recorrentes

  • Amor e Perda

Os livros de John Green frequentemente exploram os temas de amor e perda, capturando a intensidade das emoções adolescentes. Ele retrata relacionamentos de maneira realista e tocante, mostrando tanto a beleza quanto a dor que podem acompanhá-los.

  • Identidade e Crescimento Pessoal

Muitos dos personagens de Green estão em busca de identidade e compreensão de si mesmos. Suas histórias frequentemente envolvem jornadas de autodescoberta e amadurecimento, refletindo os desafios e as complexidades da adolescência.

  • Saúde Mental

Em “Tartarugas Até Lá Embaixo”, Green aborda a saúde mental com uma sensibilidade rara, oferecendo uma visão autêntica e empática dos desafios que muitas pessoas enfrentam. Este tema é tratado com respeito e profundidade, ressoando com muitos leitores.

Estilo de Escrita

John Green é conhecido por sua prosa lírica e introspectiva. Sua escrita é marcada por diálogos inteligentes, personagens bem desenvolvidos e reflexões profundas sobre a vida e as relações humanas. Ele tem a habilidade de tornar complexas questões filosóficas acessíveis e relevantes para leitores jovens, sem nunca subestimar sua inteligência.

Impacto e Legado

John Green não é apenas um autor de best-sellers; ele é uma figura influente na cultura jovem adulta. Seus livros venderam milhões de cópias em todo o mundo e foram traduzidos para dezenas de línguas. Além de sua carreira literária, Green é um ativo criador de conteúdo no YouTube, onde ele e seu irmão Hank Green administram o canal “Vlogbrothers”. Eles também fundaram a “Project for Awesome”, uma campanha anual de arrecadação de fundos para instituições de caridade.

Conclusão

John Green é um autor cuja obra merece ser explorada por qualquer amante de literatura jovem adulta. Suas histórias profundas e emocionantes, combinadas com uma escrita brilhante, oferecem uma experiência de leitura enriquecedora e memorável. Se você ainda não leu os livros de John Green, agora é o momento perfeito para mergulhar em suas narrativas cativantes e descobrir por que ele é uma das vozes mais importantes da literatura contemporânea.


Recomendações de Leitura

Se você gostou dos escritos de John Green, outras leituras recomendadas incluem “Eleanor & Park” de Rainbow Rowell, que também explora temas de amor adolescente e crescimento pessoal, e “Garota em Pedaços” de Kathleen Glasgow, que oferece uma visão crua e honesta da luta contra problemas de saúde mental. Estes livros complementam a sensibilidade e profundidade encontradas nas obras de Green.

Leia também: Roube Como Um Artista: Livro de Austin Kleon – Guia Criativo

bilheteslivros
Logo